• Rosana Seager

Aniversário na pandemia


Eu sempre amei meu próprio aniversário.

Nunca gostei de festa surpresa, porque me sentia enganada, roubada da possibilidade de preparar minha comemoração.


Depois que experimentei preparar o primeiro aniversário da Clara, percebi que amo ainda mais aniversário de filha.


É uma emoção pela felicidade delas, pelas memórias desde o nascimento, das conquistas delas e minhas.

É muito lindo ver o sorriso estampado no rosto dela.


Eu sou daquelas que gosta de pensar em todos os detalhes.

Gosto muito de fazer o bolo e a decoração.

Clara pediu tema fundo do mar. Como não pudemos fazer comemoração com amigos, resolvemos caprichar no envolvimento dos adultos presentes. Todos fantasiados e dispostos a brincar pra valer.


No dia anterior eu falei para ela que tinha reservado o dia todo para trabalhar apenas na preparação da festa dela, que não iria trabalhar naquele dia. Ela ficou toda boba!!


Ela pediu café da manhã na cama, caça ao tesouro, festa à fantasia tema fundo do mar e ainda tivemos a sorte de no dia do aniversário ser comemorada a festa da lanterna na escola. Então acabou tendo comemoração do aniversário dela na escola com os amigos.

E olha que emocionante: Clara no carro à caminho da escola falou para mim e para Cauê: “mamãe e papai, muito obrigada pelo meu dia, por pensar em tudo! Estou muito feliz!” ♥️


6 anos de maternidade nua e crua na veia.

Acho que agora começo a me sentir caminhando sobre meus próprios pés na jornada da maternidade. Caramba! Quanto aprendizado e transformação.


Quem aí curte muito aniversário dos filhos??