• Rosana Seager

Carrossel de emoções

Atualizado: 18 de jan.


Vivemos um carrossel de emoções, de malabarismos, de tarefas num só dia.


Maternar, se reencontrar, se transformar, se reinventar, se re-enxergar.


Esse carrossel inclui os momentos em que você se sente super mãe, super dou conta de tudo, super me sinto poderosa e feliz para um pouco mais à frente dar um grito (des)necessário, uma surtada com a bagunça, uma bronca desmedida, um cansaço sobre-humano, uma sensação de pior mãe do mundo.


Posso te contar uma coisa?

Isso é normal!


Maternar é ir aprendendo na dor ou no amor que não temos controle de tudo (quase nada, na real). É saber que um dia ruim é um dia ruim, um dia bom é um dia bom e aprendemos com ambos os dias. Nossos filhos aprendem com ambos os dias.


No último encontro de massagem para bebês nós conversamos sobre como o estresse dos pais influencia no estresse dos bebês/crianças.


É unânime a opinião de que influencia impressionantemente.

E então? O que fazer com essa informação?

Não vivemos numa bolha de bem-estar e felicidade infinitos e contínuos.

É inerente à nossa condição humana, moral e política nos afetarmos, nos influenciarmos com o que nos acontece e com que acontece com nossos próximos e não tão próximos.

Nos afetamos, saímos da nossa zona de conforto e reagimos. Somos seres sensíveis!

Nem sempre reagimos bem. Nem sempre sabemos porque estamos reagindo de tal ou qual maneira.

Nossos filhos reagem à nossa reação.

Reagimos à reação dos nossos filhos da nossa reação.

Instala-se o caos e uma enorme bola de neve.


O que fazer?


Pausa. Inspire. Exale.

Converse com seus filhos.

Explique.

Assegure.

Amem-se

Abracem-se.

Recomecem o dia.

Brinquem.

Dancem.

Façam yoga ☺️


Um dia de cada vez. Menos rigidez conosco mesmas. Mais amor conosco mesmas.


Somos cíclicas, somos sensíveis, somos expansão e contração.


#yogamae #massagembebe #autocuidado #rosanaseager #terapianaturalintegral #maternidade