• Rosana Seager

Equinácea: flor da imunidade


Uma das coisas que mais gosto de trabalhar com ervas é a manipulação delas para a farmacinha caseira.


Já rolou tintura de calêndula que é usada diariamente misturada no meu creme de rosto.

Agora foi a vez da equinácea. Dá um swipe na foto ☝🏽

Só vai ficar pronta daqui a 2 semanas.


Essa flor roxa linda é uma planta medicinal importante. No século XIX era conhecida pelos americanos como raiz-de-cobra indígena, pela sua capacidade de tratar picadas de cobra. Tem um potencial incrível de conter especialmente infecções virais e bacterianas e ajuda na remoção de toxinas.


A equinácea é moduladora do sistema imune, por essa razão não deve ser usada continuamente por mais de 15 dias para não acabar suprimindo o sistema imune.

Pesquisas relatam sua enorme capacidade de prevenir resfriados e infecções respiratórias.

Além de antimicrobiana e anti-inflamatória, é usada em infecções fúngicas e da pele, como acne e furúnculo. É excelente em gargarejo para dor de garganta e útil no tratamento de alergias.

Com toda essa mudança de tempo, minha rinite alérgica explodindo aqui em casa, resolvi fazer a tintura de equinácea para tratar e prevenir resfriados e gripes.

A tintura pode ser tomada, aplicada na pele e/ou diluída em água para gargarejos, bochechos; além de poder ser misturada a cremes básicos ou óleo vegetal para passar na pele.


A decocção da raiz pode ser usada para tratar de infecções de garganta com gargarejo. Existe também a cápsula feita com a raiz em pó para resfriados.


Você já conhecia a equinácea? Como usa na sua farmacinha?



#terapianaturalintegral #fitoterapia #ervas #fitoenergetica