• Rosana Seager

Instrospecção na lua nova


Quantas vezes ficamos sem saber qual direção seguir?


Eu já me vi nessa situação inúmeras vezes na minha trajetória e volta e meia me sinto perdida de novo.

Normal.


Durante o meu ciclo menstrual eu passo por uma verdadeira montanha-russa de emoções, de níveis de energia, de certezas e incertezas, de expansão e recolhimento, de me amar e de me criticar.


Conciliar essa ciclicidade com um mundo que exige linearidade é um desafio constante. Ainda mais quando temos uma família para cuidar, uma casa para tocar, contas para pagar, sonhos para alcançar.


Hoje, lua nova, gravando uma aula surpresa ainda que vai estrear em breve no @yoga.como.sou , eu percebi o quanto meu corpo está pedindo recolhimento. A aula tem tudo a ver com isso, por isso ficou super genuína a gravação combinando com a lua que está no céu.


Vou me recolher aqui com um chazinho quentinho, meias nos pés e um livro para ler (se for possível).


Como você se sente na lua nova?