• Rosana Seager

Você é mãe delas!


Você já teve um daqueles momentos que você se sente num filme e olha para a sua vida como se fosse uma telespectadora?


Há alguns dias tive um desses momentos.

Olhei para minhas duas filhas num fim de tarde na praia, enquanto brincávamos de frisbee e fiquei ali meio embasbacada me dando conta que eu sou a mãe daquelas duas crianças.


Parece óbvio de falar isso, mas é que na correria do dia-a-dia, nos estresses de pandemia, nos cansaços da dinâmica constante de comida, banho, brincar e cama, essas sutilezas acabam muitas vezes passando despercebidas.


Tivemos a incrível oportunidade de dar essa escapulida para uma casa de praia da família, nessa praia paradisíaca e bem vazia.

E numa brincadeira de frisbee na praia fiquei ali olhando e admirando as duas rindo, correndo, pulando, dançando, brincando leves e soltas e precisei falar para mim mesma:

VOCÊ É A MÃE DELAS!

Um lembrete necessário, que vem junto de um momento delicioso, para lembrar que ser mãe é bom para cacete e eu estou fazendo um trabalho incrível de educação.


Esse post é para você, mãe, que está passando pela suas dificuldades e desafios do momento, cansada, esgotada. Para falar que você é foda e está fazendo um trabalho incrível de educação da sua criança.

Diga para si mesma: eu sou mãe de “fulana” e eu sou demais!