• Rosana Seager

Foco na leveza


Gratidão pelo meu amor, @cauecapille , ter tirado esta foto e me lembrar que eu sento e brinco, faço palhaçadas e faço minhas filhas gargalharem.


Tem vezes que eu só consigo focar em tudo que deixei de fazer, em todos os segundos que quis silêncio, casa sem crianças, momento para mim.

Tem dias que eu só foco no que falhei, no péssimo exemplo de mãe que fui naquele dia.

Tem dias que eu queria não ser mãe, queria ser dona de mim mesma somente, ter tempo para ler todos os livros que quero, bolar todos os cursos que quero lançar, decidir o que comer de última hora, dormir tarde assistindo filme e série e acordar no dia seguinte na hora que meu corpo quisesse acordar, fazer minha série de yoga inteira sem interrupções, viajar sem levar a casa toda, descansar, tocar piano a tarde toda, etc.


Nesses dias me sinto tão culpada de ser essa mãe que não quer ser mãe. E olha que não são raros esses dias.


Por isso, fotos como essas são essenciais para me relembrar que mesmo tendo todos esses sentimentos mistos eu sou uma mãe incrível e possível para minhas filhas.

E o olhar delas para mim é um presente, uma chamada para a realidade, para o sentimento visceral de ser mãe.


Ser mãe é um bicho muito louco!


Quem compartilha?