• Rosana Seager

Viajar depois que os filhos nascem

Atualizado: 18 de jan.


#tbt de uma foto que representa a gaiatice, espontaneidade e chiqueza que é nossa família.


Já falei aqui da minha lua e ascendente em Sagitário.

Antes das meninas nascerem, eu e Cauê viajamos muito! E acho que ainda fica um sentimento de que queríamos ter viajado mais.


Não vou mentir, viajar com crianças não é a mesma coisa que viajar em casal.

Entretanto, é possível!


Eu tinha em mente que eu não conseguiria mais viajar depois que os filhos viessem, porém, essa crença foi desmistificada.


Algumas coisas para nós são essenciais:

Planejamento, organização, sair da caixinha e “pick your battles” (escolha suas batalhas - com relação às birras).


Não dá para achar que vai ser tudo como sempre foi, pq não é. Simples assim. Então é viver e conhecer o mundo como ele é agora, como uma nova experiência.

Na última aula de massagem para bebês, uma das mães falou exatamente isso:

O primeiro aniversário depois que o bebê nasce é uma nova experiência; ir ao supermercado sendo mãe também é outra experiência; ir para a casa de praia da família que vc cresceu indo depois que você vira mãe também é uma nova experiência.


E assim vamos tendo novas experiências como família, vendo os olhinhos brilhando com as diferenças do novo e ao mesmo tempo dando conta do emocional mexido quando modificamos as bases e saímos da rotina.


Se você tem filhos, diz aí alguma coisa que você tinha medo de mudar muito depois que nascessem e que de fato mudou, mas para uma nova experiência!

e

Se você ainda não tem, mas planeja ter um dia, o que você tem medo que mude muito?